Páginas

SE NÃO QUER ME AMAR...

Se não quer me amar, deixe-me só.

Mesmo que eu sofra com a solidão
caminharei sozinho, não importa a direção

Se não quer me amar, deixe-me só.

Tuas lembranças estarão sempre em meus pensamentos, apesar da insana loucura que cometes ao me deixar

Se não quer me amar, deixe-me só.

Envolto em minhas poesias, 
rabiscando os meus versos 
exaltando a paixão e o amor;
Viajando pelo infinito 
relembrando o meu passado;
Acalentando as minhas desilusões, 
cuidando das minhas cicatrizes 
e aliviando minhas dores.

Se não quer me amar, deixe-me só.

Amanha, pelos becos da emoção, 
descobrirás em prantos e lamentos,
a tolice que cometestes ao abandonar, 
na beira da estrada,
um pedaço do teu coração

Se não quer me amar., deixe-me só.

Não vou chorar...
Não deixarei que as lágrimas 
afoguem o meu coração

Vou extravasar em minhas poesias 
os delírios da minha alma
dando vazão aos meus pensamentos 
libertando o meu ser da angústia do silêncio

Se não quer me amar, deixe-me só.

Não deixarei que as mágoas tirem 
a sensibilidade do meu coração
impedindo-o de amar novamente

A vida continua...
A felicidade existe
Vá em busca da sua

E se não quer me amar,
simplesmente, deixe-me só!

P0143.2007.08
Copyright © 2007 by Magno R Almeida
Continue Lendo... ››

A CEBOLA E A ÁRVORE DE NATAL

Uma família feliz está à mesa de jantar quando o filho mais novo pergunta ao pai:
- Papai, quantos tipos de seios existem?

O pai, um tanto surpreso, responde:
- Bem, meu filho, existem três tipos de seios:

Aos 20 anos a mulher tem seios como melões: firmes e redondos.

Dos 30 aos 40 eles são como pêras: ainda belos, porém um pouco caídos...

Aos 50 os seios ficam como cebolas...

- Cebolas?! – pergunta o menino

- Sim. Quando você olha para eles, fica com vontade de chorar!

Esta explicação leva a mãe e a filha a um ponto de irritação tal que a filha pergunta:
- Mãe, quantos tipos de pênis existem?

A mãe fica um pouco surpresa, mas olha para o marido e responde:
- Bem, filhinha, existem três tipos de pênis:

Aos 20 anos o pênis é como um pé de Jacarandá:  firme e respeitável.

Dos 30 aos 40 anos o pênis é como um pé de Chorão: confiável, mas flexível.

Após os 50 anos o pênis fica como uma árvore de Natal...

- Árvore de Natal?! – pergunta a menina

- Isso mesmo. Morto da raiz até a ponta, e as bolas ficam penduradas como decoração! E o pior: só se arma uma vez por ano!
Continue Lendo... ››

NÃO BRINQUE COM O MEU AMOR

Pra que chorar
fingindo que está sofrendo?
Se este amor nunca existiu
ninguém sairá perdendo

Siga em frente. 
Eu vou também
Quebre a cara por ai
Sofra como eu sofri
iludido por um amor mentiroso

Por você me apaixonei
Mas foi um sonho e finalmente acordei
Me enganastes enquanto eu quis
Agora não quero mais
Sem você sou mais feliz

Você foi uma grande ilusão
que invadiu e machucou
o meu pobre coração

Agora não quero mais
Sem você sou mais feliz
Vá em frente...
Siga em paz...

Brincar com os meus sentimentos
jamais!

P0126.2007.07
Copyright © 2007 by Magno R Almeida
Continue Lendo... ››

BIBLIOTECA DA VIDA

Na biblioteca
de um insensível coração,
fui arquivado
numa gaveta
cuja letra
não correspondia
ao meu nome.

Abandonado
e perdido,
fui parcialmente
destruído pelas traças
do esquecimento...

Juntei as páginas
que sobraram
e reescrevi
a minha história...

Hoje,
sou um Best-seller
nas prateleiras da solidão.


P0204.2008.07
Copyright © 2008 by Magno R Almeida
Continue Lendo... ››

RETAS PARALELAS

Se ao menos
eu tivesse imaginado
que o amanhã não chegaria,
eu teria ficado mais tempo
ao teu lado
e teria dito, mais vezes,
que te amava

Eu teria te abraçado
com mais freqüência
e com mais intensidade

Eu teria te ouvido mais
e teria assumido mais as minhas culpas

Se ao menos
eu pudesse apagar o passado,
certamente, eu recomeçaria
uma vida diferente
e jamais te daria
motivos para chorar

Mas, infelizmente,
o tempo passou
e para nós
o amanhã não chegou

Hoje,
sem ao menos sabermos de nós,
caminhamos em retas paralelas
que jamais se encontrarão


P0150.2007.09
Copyright © 2007 by Magno R Almeida
Continue Lendo... ››

MOMENTOS DE REFLEXÃO

Quantas vezes o homem deve amar
para ser chamado de homem?

Quantas bombas o homem deve explodir,
sobre seus concorrentes,
para satisfazer o seu poder econômico?

Quantas vidas devem ser dizimadas
para que o homem sinta-se poderoso?

Quantos decibéis são necessários
para que o homem ouça o choro dos oprimidos?

Quantos anos o homem precisa viver
para livrar-se da sua ganância descabida?

Quantas vezes o homem deve olhar para o céu
antes de sentir a presença de Deus?

Quantos shows precisam ser feitos
para que o homem compreenda
que está destruindo o planeta?

Quanto de amor é necessário no coração do homem
para que ele entenda que todos os povos, indistintamente,
tem direito a vida?

Quantas coisas...Tantas coisas...Tantas vidas...

E a resposta ?  Onde está ?

Certamente na consciência de cada um !

P0124.2007.07

Copyright © 2007 by Magno R Almeida
Continue Lendo... ››

VOCÊ ME PERDEU

Hoje, 
meus sonhos 
e meus pensamentos,
meus dias 
e meus sentimentos, 
são inteiramente meus...

Libertei-me de teus falsos afagos 
e dos teus beijos impuros

Despachei a saudade 
que me prendia a você

Já não sinto 
o cheiro do teu perfume
e nem me lembro 
da cor dos teus olhos

Tua voz 
o vento levou para 
lugares distantes
e o teu rosto 
é uma imagem distorcida
no espelho das desilusões

Tuas juras de amor 
soam em meus ouvidos
como uma piada 
de mau gosto

Meu coração te esqueceu 
e já não sente a tua falta

O amor que você 
não soube cultivar
transborda em meu peito 
a espera de outra

Hoje, querida,
você é apenas um passado 
esquecido na esteira
dos meus segredos 
guardados e trancafiados
para que jamais sejam lembrados

Para mim, você morreu...
Definitivamente me perdeu.

Em meus pensamentos 
restam, apenas,
resquícios da tua insensatez

P0131.2007.07
Copyright © 2007 by Magno R Almeida
Continue Lendo... ››

TÔ VAZANDO

Tô vazando...

Sinto muito meu amor
Já não quero mais te ver
Cansei de habitar o teu
mundo mentiroso...
Você diz que eu sou gostoso,
mas me enganas pra valer
Você quer um otário
e eu não sirvo pra você

Tô vazando...

Fica em paz
Fazer-me de palhaço,
Jamais!
Fui um amante perfeito
Tudo fiz para entender o teu jeito,
mas você extrapolou...

Mentiu e menosprezou o meu amor
Tentou manipular a nossa relação
Machucou os meus sentimentos
e feriu o meu coração
Deixou-me entregue a sorte
e agora eu não quero mais você

Tô vazando...

Sinto muito
Fica em paz
com a tua insensatez

Quem sabe um dia
tuas lágrimas te façam ver
o mal que você me fez


P0115.2007.06
Copyright © 2007 by Magno R Almeida
Continue Lendo... ››