Páginas

O SAMBA QUE EU NÃO SAMBEI

Foi naquele carnaval
no baile do Municipal
que eu conheci você

Teu gingado sensual
encantou meu coração,
despertou minha paixão,
fiz loucuras por você

Mas como diz o ditado:
“tudo o que é bom dura pouco”
perdi você, fiquei louco
definhei, sofri, chorei

Minha voz emudeceu,
o meu dia escureceu
e o sol parou de sorrir

Com o peito em desalinho
nas noites vaguei sozinho
lutando pra te esquecer

Num lampejo de loucura
sai a tua procura
e um novo amor encontrei

Hoje você é passado
é um verbo não conjugado
é o samba que eu não sambei 

P0038.2005.09
Copyright © 2005 by Magno R Almeida