Páginas

ESTRADA DA VIDA

Minha vida parou...Minha alma adormeceu...

Dentro de mim apenas um grande vazio se faz presente.

Mas não estou triste...Estou apenas pensativo...

Tento projetar o amanhã, mas não sinto o coração bater.
Acho que o meu olhar está vago...

Apesar dos raios de sol, que esquentam a minha pele, 
dentro de mim faz frio.
Muito frio!

Meu raciocínio é tão lento que eu chego a ficar desatento.

Não consigo encontrar, nas gavetas da minha memória,
as pastas onde arquivei as imagens e os momentos de outrora
que certamente me fariam entender o presente 
e ajudariam a projetar o futuro.

Apesar de tudo isso, não estou triste...estou apenas confuso

Um turbilhão de incertezas borbulha em minha mente e
um torpor se apodera do meu corpo...

Estou parado na estrada da vida
onde a escuridão impede o meu caminhar,
mas permite que tudo e todos passem por mim.

Acho que vou fechar os olhos, rezar, dormir, sonhar
e aguardar um novo amanhecer.

Amanhã será um novo dia e o sol me encontrará
completamente recuperado.

Não vou permitir que forças estranhas a minha fé
tente cortar a minha ligação com a vida.

Amanhã eu volto...

P0105.2007.06
Copyright © 2007 by Magno R Almeida