Páginas

A VIDA DO POETA

Todo poeta mente nos seus versos
Falsos amores! Solidão fingida!
Engana o mundo; brinca com o universo
Chora sorrindo; inventa despedidas

Lembra passados imaginativos 
Cria momentos jamais existentes
Desenha imagens lindas coloridas
Faz do leitor seu fiel confidente

Navega em mares nunca navegados 
Cavalga sempre em corcéis alados
Visita deuses da mitologia

Anda nas nuvens com agilidade 
Mas quando volta pra realidade
Vê que a vida não é poesia

P0198.2008.07
Copyright © 2008 by Magno R Almeida