Páginas

Gestão Empresarial - Situação 1


Um rapaz vai a uma farmácia, pede três preservativos e comenta com o farmacêutico:

Minha namorada me convidou para jantar esta noite na casa dela. A irmã da minha namorada é muito gostosa, vive cruzando as pernas na minha frente. Acho que também quer me dar...Alem disso, a mãe dela também é boa pra caramba e vive se insinuando, deve ser mal comida,  e como eu hoje vou jantar lá na casa delas...sabe como é...papo vai, papo vem...quem sabe?

O farmacêutico nada fala e o rapaz vai, alegre e satisfeito, para a casa da namorada. Na hora do jantar, o rapaz está sentado à mesa com a namorada ao lado, a mãe e a irmã à frente.  Neste instante entra o pai da namorada. O rapaz baixa imediatamente a cabeça, une as mãos e começa a rezar:

Senhor, abençoa estes alimentos, blá...blá...blá...Passa-se um minuto e o rapaz continua a oração. Passam-se mais cinco minutos e o jovem continua orando. Todos se entreolham surpreendidos, e a namorada lhe diz ao ouvido: Meu amor, não sabia que eras tão religioso...

E eu não sabia que o teu pai era farmacêutico! Responde o rapaz

Conclusão:
Não comente os planos estratégicos da sua empresa com desconhecidos, porque essa inconfidência pode destruir a sua própria organização. 

Desconheço o autor