Páginas

MEU VELHO E SAUDOSO PAI

Hoje,
Entre o canto dos pássaros e a chegada do sol
Que aos poucos vai descortinando este lindo céu azul,
acordo pensando em você e vejo o dia transformar-se
Numa imensa canção de saudade

Relembro o passado e tento preencher,
Com doces recordações, o vazio que ficou no meu peito
Desde aquele fatídico dia em que você partiu para nunca mais voltar

Hoje,
Eu daria tudo para que você estivesse ao me lado

Nunca pensei que um dia eu sentiria tanto a sua falta...
Nunca imaginei que um dia a sua ausência fosse deixar-me
Tão deprimido como eu me sinto agora

Certamente você, também, nunca imaginou que um dia,
Com toda a minha independência, eu iria sentir-me assim,
Tão impotente pela sua ausência

Hoje,
O que eu mais queria era sentar-me ao teu lado,
Dar-te um abraço apertado e como um inocente menino,
Encostar a cabeça em teu peito e te desejar um feliz dia dos pais
Mas eu tenho plena consciência de que não posso realizar este desejo

Mesmo assim, com o peito transbordando de saudades,
Rogo a Deus que te mantenha num lugar bem especial
Até o dia do nosso reencontro

Hoje, meu pai, o que eu mais queria era ter você ao meu lado...

Feliz dia dos pais, meu velho, onde quer que você esteja!

P0138.2007.08


Copyright © 2007 by Magno R Almeida